Amigos,

Chega uma hora que precisamos pedir ajuda, principalmente quando o assunto é alimentação de nossos 260 animais abrigados em Itapecerica da Serra, SP. e o fazemos porque estamos sem ração para alimentá-los e sem ter como comprar também. Nosso consumo diário é de quase 200 quilos por dia.

Sendo assim, caso possa nos ajudar, agradecemos de coração. Se não puder, compartilhe para seus amigos. Costumamos dar aos nossos animais Champ ou Pedigree.

Recentemente ganhamos 1 tonelada de ração na promoção da COBASI, mas a entrega ainda vai demorar. Essa quantidade alimenta nossos cães por quase uma semana e a situação é emergencial.

Para entrega
:
Rua Genaro de Carvalho, 383, Jabaquara, SP - 04377-220
Ou em nosso sítio:
Estrada do Borba Gato, 56, Itapecerica da Serra, SP, 06876-100

Ou colabore com nossa vaquinha.

Itaú:
AG. 7847
Conta corrente: 01301-3

Bradesco:
AG: 1480
Conta corrente: 39641-9

Ambas as contas o favorecido é: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73

Nosso e-mail para confirmação de ajuda: faleconosco@caosemdono.com.br





 Existe algo limitado no amor de um pai,algo que não pode falhar,algo no qual acreditar mesmo que seja contra o mundo inteiro.Nos dias da nossa infancia ,gostamos de pensar que nosso pai tudo pode,acreditaremos que seu amor pode compreender tudo...



























Informações: faleconosco@caosemdono.com.br

            Cuidados com seu AUmigo cego:

13/07/2016


               

 Conviver com um cão cego pode ser um grande desafio, mas é também uma experiência muito recompensadora. Alguns donos acreditam que, assim que seu cão fica cego, ele fica muito dependente e precisa de ajuda constante. Isso está muito longe da verdade! Na verdade, muitos cães cegos podem facilmente se locomover pela casa normalmente e viver uma vida feliz apesar da cegueira. Se seu cachorro é cego ou está desenvolvendo a cegueira devido a uma catarata, por exemplo, você pode ajudá-lo a ser feliz e a viver uma vida confortável com essas super dicas abaixo.
 
1. Pode parecer óbvio, mas não custa reforçar. Não mude seus móveis de lugar. Mudando, será mais difícil para seu cachorro cego “decorar” os caminhos da casa e se locomover normalmente. Se ele bater nos móveis com muita frequência, além de poder se machucar, isso irá deixá-lo assustado e desorientado. Portanto,deixe seus móveis no mesmo lugar.
 
2. Proteja as quinas dos móveis, como armários, portas, mesas de cabeceira e quaisquer móveis que possam machucar seu cão.
 
3. Use tapetes anti-derrapantes para ajudar seu cão a se movimentar de cômodo para cômodo.
 
4. Mantenha os potes de ração e água sempre no mesmo lugar, para que seu cão saiba onde estão.
 
5. Se você tem escadas, coloque um portão no topo para prevenir que seu cão caia sem querer.
 
6. Se você tem outros animais em casa, coloque sinos em suas coleitas para que seu cão cego saiba da presença deles. Você também pode colocar sinos no seu pulso ou sapatos para seu cão saber que você está perto.
 
7. Não esqueça de avisar às visitas que seu cão é cego e não deixe que eles passem a mão em seu cão antes que ele os cheire antes.
 
8. Ajude seu cão cego a ficar mais confiante conversando com ele. Se você o encorajar sempre, ele vai sentir que pode fazer as coisas sozinho.
 
9. Quando for passear com o seu cão cego, use uma guia curta. Assim você terá mais controle sobre ele e ele se sentirá mais seguro porque saberá onde você está.
 
10. Quando estiver em público, coloque uma roupinha ou um lenço com os dizeres “SOU CEGO”, para que as pessoas saibam e tomem os devidos cuidados. Fora que ele ficará uma graça!
 
11. Nunca aborde seu cachorro cego por trás porque isso pode deixá-lo apavorado. Você também nunca deve abordá-lo quando ele estiver dormindo.
 
12. Se seu cachorro cego vive do lado de fora da casa (no jardim ou no quintal), mantenha o ambiente mais “clean” possível. E só deixe seu cão do lado de fora da casa se a casa for cercada!
 

Curiosidades caninas
13/07/2016


1. Um cachorro adulto tem 42 dentes








2.O olfato dos cachorros é 1 milhão de vezes melhor do que o dos seres humanos. O olfato dos cães é um dos melhores da natureza. Se as membranas situadas no nariz dos cães fossem estendidas, elas seriam maiores que o próprio cão.










3. A audição dos cachorros é 10 vezes melhor do que a dos humanos








4. Se não for castrada, uma cachorra pode ter 66 filhotes em 2 anos









5. O nariz de cada cachorro é único, assim como nossa impressão digital






Curiosidades caninas (2)

13/07/2016


6. A temperatura canina gira em torno de 38ºC






7. 70% das pessoas assinam o nome de seus animais de estimação nos cartões de natal, junto com o nome da família





8. É um mito dizer que os cachorros não enxergam cores, eles podem ver cores, mas em tonalidades diferentes do que vemos. 





9.Obesidade é o problema de saúde mais comum nos cachorros. Normalmente decorrente de má alimentação.





10. Dar chocolates aos cães pode ser fatal para eles. Um ingrediente do chocolate, a teobromina, estimula o sistema nervoso central e o músculo cardíaco. Cerca de 1 kg de chocolate ao leite, ou 146 gramas de chocolate puro podem matar um cão de 22 kg






Curiosidades caninas (3)
13/07/2016


11. Dois cães sobreviveram ao naufrágio do Titanic. Escaparam nos primeiros botes salva-vidas, que levavam tão poucas pessoas que ninguém se importou que eles estivessem ali.








12.
Quando os cães tem dor de barriga, comem mato para vomitar. Muitos acreditam que os cães preveem chuva quando comem grama, mas não passa de uma forma de aliviar a indigestão.









13.Vários alimentos fazem mal aos cães, podendo levá-los até a morte.






 


"A castração deixa o animal gordo"
Falso.
A castração pode causar aumento do apetite, mas se a ingestão de alimento for controlada e o dono não ceder às vontades do animal, o peso poderá ser mantido. Observa-se que animais castrados quando jovens, antes de completar 1 ano de vida, apresentam menos sinais de aumento de apetite e menor tendência a se tornarem obesos. A obesidade pós castração é causada, na maioria das vezes, pelo dono e não pela cirurgia.

"A castração deixa o animal bobo"
Falso.
O animal ficará letárgico após a castração apenas se adquirir muito peso. Gordo, ele se cansará facilmente e não terá a mesma disposição. A letargia é consequência da obesidade e não da castração em si. Os animais na fase adulta vão, gradativamente, diminuindo a atividade. Muitos associam erroneamente esse fato à castração.

"A castração mutila o animal, é uma cirurgia cruel!"
Falso.
A cirurgia de castração é simples e rápida e o pós-operatório bastante tranquilo, principalmente em animais jovens. É utilizada anestesia geral e o animal já estará ativo 24 horas após a cirurgia. Não há nenhuma consequência maléfica para o animal que continuará a ter vida normal.

"A castração evita câncer na fêmea"
Verdadeiro.
As fêmeas castradas antes de 1 ano de idade, têm chance bastante reduzida de desenvolver câncer de mama na fase adulta, se comparado às fêmeas não castradas. A possibilidade de câncer de mama é praticamente zero quando a castração ocorre antes do primeiro cio. A retirada do útero anula a chance de problemas uterinos bastante comuns em cadelas após os 6 anos de idade, cujo tratamento é cirúrgico, com a remoção do órgão.

"O macho castrado não tem interesse pela fêmea"
Falso.
Muitos machos castrados continuam a ter interesse por fêmeas, embora ele seja menor comparado a um animal não castrado. Se o macho é castrado e há uma fêmea no cio na casa, ele pode chegar a cruzar com ela normalmente, sem que haja fecundação.

"Castrando os machos eles deixam de fazer xixi pela casa"
Verdadeiro.
Uma característica dos machos é demarcar o território com a urina. Se o macho, cão ou gato, for castrado antes de um ano de idade, ele não demarcará território na fase adulta. A castração é indicada também para animais adultos que demarcam território urinando pela casa. Nesse último caso, pode acontecer de animais continuarem a demarcar território mesmo após a castração, pois já adquiriram o hábito de urinar em todos os lugares.

"Deve-se castrar a fêmea após ela ter dado cria"
Falso.
Ao contrário do que alguns pensam, a cadela não fica "frustrada" ou "triste" por não ter tido filhotes. Essa é uma característica humana que não se aplica aos animais. Se considerarmos a prevenção de câncer em glândulas mamárias, ela será 100% eficaz, segundo estudos, se feita antes do primeiro cio. O ideal é castrar o quanto antes.

Para que castrar os machos?
1. Evitar fugas.
2. Evitar o constrangimento de cães "agarrando" em pernas ou braços de visitas.
3. Evitar demarcação do território (xixi fora do lugar).
4. Evitar agressividade motivada por excitação sexual constante.
5. Evitar tumores testiculares.
6. Controle populacional, evitando o aumento do número de animais de rua.
Se levarmos em conta quantas vezes um animal macho terá oportunidade de acasalar durante toda a sua vida reprodutiva, seria mais conveniente diminuir sua atração sexual pelas fêmeas através da castração. O animal "inteiro" excita-se constantemente a cada odor de fêmea no cio, sem que o acasalamento ocorra, ficando irritado e bastante agitado, motivando a fuga de muitos. O dono precisa vencer o preconceito, algo que é inerente aos humanos apenas, e pensar na castração como um benefício para seu animal.




Tire um dia para o seu AUmigo:
13/07/2016
Isso não parece ser tão difícil, mas no dia-a-dia com uma agenda agitada pode ser deixado para trás.
Reserve pelo menos alguns minutos todos os dias para simplesmente dar carinho ao seu animal de estimação e mostrar o seu amor.
.Deixe o seu cachorro livre

Isso é ignorado com muito mais frequência do que se imagina. Os cães são normalmente energéticos, criaturas atléticas e precisam correr e pular.
Assim sendo,leve seu cachorro para parques,trilhas ou terrenos baldios (cercado ou distantes das ruas) e deixe que ele corra ou ande a vontade.
Água fresca e limpa

Muitas pessoas deixam a água dos cães em pratos por vários e vários dias.
Nessa água acumula-se sujeira e gordura, ela fica parada, e pode se tornar um local visitado por insetos.
Troque a água do seu cão todos os dias, e tenha certeza de utilizar água fresca e limpa.
Também garanta que a vasilha não fique sem água por longos períodos.
Assim como é para os humanos, para os cachorros consumir água suficiente é um dos segredos do funcionamento correto do corpo.
Possibilitar ao seu animal de estimação uma água boa e fresca é um passo importante para fazer com que ele seja saudável.
Dê ao seu cachorro refeições de qualidade


Filhotes precisam de refeição de boa qualidade, escolhas alimentares saudáveis. Outra coisa importante é que o seu cão também precisa gostar dos alimentos que ele ganha.
Experimente comida para cachorro molhada ou seca - aquelas que estão cheias de valor nutritivo e proteínas, e aconselhada por especialistas.
 As pessoas devem saber que não devem alimentar com restos de comida o seu cão,
mas por outro lado, todas as sobras de carne são liberadas.
 Então, desde que você siga essas dicas corretamente, a dieta do seu animal de estimação vai se tornar mais diversificada e vai fazer seu cão ser mais saudável e mais feliz.

Dica: nunca alimente com as suas sobras os animais direto da mesa da cozinha, porque você vai ensiná-lo e ele vai se acostumar a mendigar e pedir cada vez que você comer o jantar.
Faça isso em um horário diferente das suas refeições.
Divirta-se com o seu cachorro ou lhe ensine algo


Filhotes precisam de estímulos,exercício e também precisam aprender.Eles estão propensos a monotonia e exigem alguma atividades para ocuparem o tempo.
Então, independentemente de dentro ou de fora, passe algum tempo sendo enérgico e se divertindo com o seu cachorro.
Isso pode ser feito tentando ensinar ele a fazer alguma coisa, como pegar o jornal.
Estas são algumas dicas básicas de como você pode melhorar a qualidade de vida de seu amigão. 






ALGUNS DE NOSSOS CÃES PARA ADOÇÃO
#ADOTE